segunda-feira, 14 de março de 2016

MEU HARAS VIRTUAL - CAVALOS FRIESIAN 02


VAMOS SABER UM POUCO MAIS SOBRE OS MARAVILHOSOS FRIESIANS!!


O cavalo Friesian, embora bem conhecida por sua beleza, brilhante pelagem preta,
juba luxuriante, cauda e franjas, e poderoso para alta corrida ou marcha.

Também é amado por sua docilidade, temperamento e natureza sociável. 


Bom para competir em testes de nível de adestramento superiores, 

realizando com sucesso no circuito de carruagens
ou apenas ir para um passeio de trilha.

O Friesian rapidamente se torna um membro da família.




Cerca de 150 historiadores romanos mencionaram a presença da cavalaria Frísia na Britânia,
na fronteira entre a Escócia e a Inglaterra. 


A cavalaria era formada por soldados montando garanhões Frísios. 


O escritor inglês Anthony Dent remete também para o aparecimento de 
tropas independentes frísias em Carlisle, no século IV, igualmente formada por ginetes no lombo de cavalos Friesians. 


Ele também menciona a influência do cavalo Friesian
na raiz do Shire e também nos poneis Fell. 


Há inúmeras ilustrações de frísios que participem
em torneios e justas na Idade Média.



A primeira data escrita sobre o cavalo frísio remonta a 1544. 


Durante as Cruzadas e até o fim da guerra dos oitenta anos,
foi introduzido sangue de cavalos árabes. 


Ao longo do século XVII, os frísios compartilhavam pistas com cavalos de origem espanhola em várias escolas onde se pratica a Alta Escola de Equitação. 


No fim do século XIX, devido ao declínio da Europa feudal, a presença do cavalo frísio ficou reduzida à província da Frísia, onde se celebravam corridas de trote de frísios atrelados a carruagens. 


Essas corridas logo se tornaram uma festa popular que ocorriam ao longo de toda a província. 


Em 1823, rei Guilherme dos Países Baixos entregou um "chicote de ouro" ao vencedor de uma grande corrida de trotadores. 


Em 1° de maio de 1879, numa pequena aldeia chamada Roodahuizum, foi formado o Registro Genealógico de cavalo frísio, o FPS, e assim, dar o primeiro passo para a salvação da raça.  



Tal foi o desastre que em 1913 foram apenas três garanhões em serviço, abrangendo: Prins 109, Alva e 113 Friso 117. 


Foi quando uma centena de agricultores, preocupada com a situação agonizante da raça, juntou-se para criar uma parceria para a preservação do frísio. 


A eles, se deve a salvação da raça. 
O luxuoso cavalo passou a se tornar um cavalo de trabalho nas fazendas, 
algo lógico de se pretender competir com os pesados. 



Existe atualmente a Friesian Society 



O FHS tem vindo a servir North American Breeders há mais de 20 anos. 


Se denominam uma organização sem fins lucrativos cuja missão é tanto promover e preservar o belo cavalo Friesian por meio de padrões de educação e de registo rigorosa, como se originou na Holanda para esta raça holandesa. 



Fundada em 1992 como uma filial europeia da América do Norte, a FHS agora serve como um registro Friesian americana independente que fornece registos internacionais para todos os Friesians com linhagem rastreáveis, com sua meta primária sendo a procriação da prole puro desta único, séculos de idade, raça de cavalo. 




FONTE: WIKIPEDIA 

- Imagens da Internet 
- Créditos serão adicionados caso solicitem por E-mail.

Os FRIESIANS, eles são realmente adoráveis e merecem em breve nova postagem, aguardem.



ANUNCIE AQUI NESTE ESPAÇO,
E EM MUITOS OUTROS DO BLOG.

E TAMBÉM NAS REDES SOCIAIS CONOSCO.

SOLICITE PROPOSTA POR EMAIL DO BLOG




Nenhum comentário:

Postar um comentário